Diferença entre os gêneros para o tratamento de um acidente vascular cerebral isquêmico
by
by Quoretech
April 23, 2021

Ao passo que tanto os fatores de risco e sintomas do Acidente Vascular Cerebral (AVC) isquêmico diferem entre homens e mulheres, estudos estão chegando a conclusão que o tratamento também deve ser diferente, de acordo o sexo do paciente.

Até poucos anos atrás, era comum associar que o maior nível de morte por AVC isquêmico era na população masculina, já que essa parcela da sociedade tem maior índice de morte por outros problemas cardiovasculares porque apresenta maior índice de tabagismo e sedentarismo, principais fatores de risco para doenças desse tipo.

No entanto, descobriu-se que a taxa de mulheres com esse problema está aumentando e os dados estão equiparados, por causa dos fatores de risco específicos delas, como o uso de contraceptivos orais, que pode aumentar em até 6 vezes a chance de ter AVC um dia, e não a obesidade, contrariando o que algumas pessoas acreditavam.

Esses dados são essenciais para fomentar mais estudos na área, tanto para entender as diferenças entre os gêneros quanto a incidência, fatores de risco e até mesmo terapias para os profissionais poderem tomar as melhores decisões.

Confira nesse artigo as diferenças entre tratamentos para homens e mulheres acometidos por AVC isquêmico, continue a leitura.

O Acidente Vascular Cerebral (AVC) isquêmico age de maneira diferente em mulheres

De acordo com um estudo realizado a partir do Registro de AVC do Noroeste da Alemanha de 2000 a 2018, o Acidente Vascular Cerebral isquêmico age de maneira diferente em homens e mulheres ao redor do mundo, confirmando diversas suspeitas. 

A pesquisa levou em conta o estado dos pacientes na admissão do hospital, tratamento de recanalização, assim como outros resultados iniciais desse problema.

Resultados

Os resultados indicam que as mulheres apresentam maiores dificuldades e deficiência (na avaliação funcional pela escala de Rankin) na admissão do hospital, assim como maior parcela de tratamento intravenoso.

No entanto, evoluíram de maneira positiva e possuem menor mortalidade intra-hospitalar, assim como apresentaram melhor desfecho funcional.

Além disso, não foram notadas mudanças em ambos os gêneros com o tratamento com trombólise intravenosa.

Panorama de AVC no mundo e suas diferenças entre gêneros

Segundo este estudo, existe uma notícia boa nesse panorama: a incidência, mortalidade e prevalência do AVC está diminuindo ao redor do planeta.

No entanto, existe um fator de risco que não pode ser evitado, que é a idade avançada, e quanto maior a quantidade de idosos no planeta, consequentemente, maior será a taxa de AVC.

Foi percebido também que mulheres nas faixas etárias mais elevadas possuem mortalidade desproporcional em relação aos homens, ou seja, morrem mais, de forma a motivar a medicina mundial a melhorar as abordagens de tratamento nessa parcela da sociedade, assim como entender melhor as diferenças dessa doença nos gêneros.

Conclusões do estudo alemão

Apesar de apresentar comparações muito interessantes sobre estado de admissão no hospital, tratamento de recanalização e resultados iniciais após o AVC em relação ao sexo dos pacientes, esse estudo alemão também mostra que podem ter questões socioeconômicas envolvidas.

Isso significa que os estudiosos e a comunidade médica e científica devem continuar pesquisando sobre essas diferenças em outros tipos de abordagens, para poder criar diretrizes de referência no tratamento das pessoas com AVC de acordo com seu gênero.

Para os médicos, já era sabido que o Acidente Vascular Cerebral apresenta uma carga de sintomas diferentes, assim como atinge a saúde de mulheres e homens de formas distintas, sendo essencial continuar se aprofundando no assunto.

Como a intenção desse estudo em específico era entender as diferenças nesses 3 aspectos citados acima (admissão, recanalização e primeiros resultados), considera-se de sucesso, pois conseguiu provar as diferenças nesses 18 anos de pesquisas.

Depois desse artigo, aproveite para continuar por dentro de resultados de outros estudos e leia sobre as consequências do cigarro eletrônico para o coração.

Headquarters
+1 206-627-0030



Sao Paulo
+55 11 97319-6913
Headquarters
200 Bellevue Parkway Suite 210
Wilmington
DE 19809

Sao Paulo
Rua dos Pinheiros, 610 CJ22
Pinheiros - São Paulo
SP - 05422-001

Santa Rita do Sapucaí
Rua Juca Castelo, 680
Centro - Santa Rita do Sapucaí
MG - 37540-000
Approved by:
Approved by ANVISA | ANATEL | INMETRO
Always seek the advice of your physician or other qualified health provider with any questions you may have regarding a medical condition.